Lucio de Godoy – Designer

Qual deve ser o tamanho do meu logotipo?

Blog

Um debate frequente no meio do design gráfico e webdesign é relativo ao tamanho do logotipo nos materiais de comunicação. Você, responsável por uma empresa ou negócio, em algum momento talvez tenha achado que o tamanho do logo em seu folder ou site estava muito pequeno.

Podemos destacar duas razões principais para isso. Primeiro, porque nos orgulhamos de nossa marca. E não há nada errado com isso! O logotipo é, afinal, o reflexo de tudo que sua empresa representa. Segundo, porque queremos que nossa marca seja reconhecida, aconchegada na memória de nossos consumidores e potenciais clientes. Também não há nada de errado com isso.

Porém, muitas vezes um logotipo ampliado em demasia pode na verdade impactar de forma negativa esses objetivos. Vamos entender os motivos.

O cliente é mais importante

A sua empresa deve colocar o cliente em primeiro plano. Quando alguém visita o seu site ocorre uma interação muito importante entre empresa e cliente. Com um logotipo muito grande, durante essa interação você estará se impondo e sinalizando que é superior a essa pessoa.

Colocando de outra forma: você já conversou via texto com alguém com o hábito de escrever somente em caixa alta (com o caps lock ativado)? Não é a mais agradável das experiências, pois dá aquela sensação de que a pessoa está gritando. Com o logotipo funciona de forma semelhante: ao impor demais a presença do seu logo, será gerado um incômodo. Tal atitude pode até ser percebida como um sinal de insegurança.

Convém lembrarmos que as pessoas que navegam regularmente pela internet são bombardeadas por anúncios e propagandas que causam fadiga. Se o seu site ou impresso fizer parte dessa fadiga, a eficácia da comunicação será prejudicada.

O logo é um complemento

O seu logotipo, por mais bem projetado que seja, não carrega nas costas a venda do seu produto ou serviço. O reconhecimento de marca é sim um aspecto essencial do seu plano de negócios, porém, no contexto de comunicação, o conteúdo é ainda mais prioritário.

A maioria esmagadora dos clientes está interessada no que sua empresa pode fazer por ela. Ou seja, o que realmente os atraí são as informações e vantagens que elas estão procurando e que você, de alguma forma, se propõe a suprir. Seu logotipo não deve distraí-las desse objetivo.

Pense no logo como a cereja do bolo: quando você convencer o seu cliente de que o seu produto é algo de que ele precisa, o seu logotipo estará lá para afirmar sua identidade e perpetuar uma memória agradável.

A harmonia melhora a experiência

Dizem que um bom design é invisível. Isso quer dizer que ao navegar um site, visitar uma loja ou manusear um produto, idealmente o cliente não nota a qualidade de seu design. Só é imediatamente perceptível a experiência proporcionada pelo produto.

Um dos muitos fatores responsáveis por esse processo, que na verdade é bastante complexo, é a harmonia. Cada peça ou elemento ocupa um lugar e tem uma proporção ideal a fim de conduzir sua visão ou locomoção sem interrupções. Se o seu logotipo ocupa muito espaço, esse fluxo será rompido pela distração.

Deve haver espaço para o conteúdo

Quando produzimos um material impresso, obviamente há uma área física limitada para se trabalhar. Em um website, embora você possa colocar quanto conteúdo quiser, já que as barras de rolagem estão ai para nos ajudar, também há preocupações com espaço.

Na versão da esquerda você precisa descer a tela para ver o mesmo conteúdo da versão da direita

Existe um conceito, emprestado do design de jornais, chamado “acima da dobra”. É a área imediatamente visível na tela quando primeiro carregamos um site. Como a maioria dos visitantes não desce a barra de rolagem até o final, essa área se torna automaticamente a mais importante da página.

Se o seu logotipo for muito grande, ele vai forçar o seu conteúdo a descer e ficar escondido. E a primeira impressão é a que fica, não é mesmo?

Veja exemplos de outros sites de grandes empresas

Visite sites de outras companhias de grande expressão. Você verá que a maioria delas possui o logotipo aplicado em um tamanho relativamente pequeno. Mesmo assim, eles são facilmente identificados, lembrados e possuem o impacto visual certo.

Não é o tamanho em si que agrega valor à sua marca. Ela precisa estar lá, legível e autêntica, para o momento em que seus clientes precisarem dela.

Um contraexemplo

Agora você talvez esteja pensando no Google, cuja página inicial mostra o logotipo em dimensões consideráveis. Mas existe uma lógica por trás disso.

Página inicial do Google

O principal serviço do Google é seu mecanismo de busca. Por isso, o campo de pesquisa é o maior e único destaque na página. Isso dá uma oportunidade de estabelecer a marca com mais destaque, pois o logotipo não irá competir com nenhum outro elemento.

Página de pesquisa do Google

Porém, a partir do momento em que você digita algo para ser buscado, o logotipo diminui. Isso é porque, naturalmente, o elemento de maior importância passa a ser os resultados da busca que você solicitou. Impor o logo nesse momento causaria todos os problemas sobre os quais discutimos anteriormente.

Concluindo

A maior lição que tiramos disso tudo é que o tamanho é relativo. Tudo depende do material sendo produzido, seus objetivos e a expectativa do público-alvo. Mas uma coisa não muda: o logo não pode obscurecer o conteúdo e nem interromper a jornada de seu cliente. A melhor pessoa para ajudá-lo nesse processo é o próprio designer com o qual você está trabalhando ou vai trabalhar. Conversem, discutam e façam o melhor para o seu cliente.

Tags Populares